BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, janeiro 11

Uma chance

Ela sabia que não podia machuca-lo, não tinha esse direito, mas sabia também que era totalmente capaz de fazê-lo.
Se sentia a pior das criaturas por essa constatação, mas pelo menos consigo mesma deveria ser verdadeira, tinha que assumir que desde o começo, desde o momento em que aceitou o pedido de namoro daquele, que antes de qualquer coisa, era seu melhor amigo, sabia que era capaz de abandona-lo a qualquer momento se aquele, que acreditava ser quem realmente amava, lhe desse uma chance. 
Era feio, era cruel, ela ia perder sua amizade mais sólida, mas era capaz de arriscar, tinha que arriscar, porque havia esperado muito por aquele homem, não podia deixa-lo escapar agora que ele havia batido em sua porta. 
Mas vinha o sentimento de culpa, o nojo de si mesma, porque o seu melhor amigo a amava de uma forma tão absoluta que doia de ver o brilho nos olhos dele quando estavam juntos. Ela não queria perde-lo, mas sabia que isso iria acontecer, pois depois que eles terminassem sem a explicação que ela deveria dar, era inevitável que ele descobrisse qual tinha sido o motivo, eles tinham o mesmo circulo de amizades e mais cedo ou mais tarde ele descobriria que foi usado, descobriria que aquela em que depositou o seu amor mais sincero havia o usado para satisfazer as suas carências nojentas e não morrer de amor por outro. 
Ela iria sofrer também, talvez mais do que ele, mas não tinha outro jeito, tinha que se dar aquela chance, precisava daquilo, tinha que tentar ser feliz.

5 Espantos:

paganus blogger disse...

Adorei seu texto meio dramático mais a vida e dramática...
Não sei o que varia nessa situação... Principalmente por que tenho tanto medo das coisas do coração.

“Mas vinha o sentimento de culpa, o nojo de si mesma, porque o seu melhor amigo a amava de uma forma tão absoluta que doía de ver o brilho nos olhos dele quando estavam juntos.”
Nossa achei cruel essa parte do texto tipo... Que situação (rsrsrs)

Mais o amor prevalece... Quase sempre né!

Achei seu blog maravilhoso assim como você...

Malaguetta disse...

uma decisão cruel a se tomar não?

Segredos de Liquidificador disse...

interessante, eh uma decisão a se tomar em.., bem interessante seu blog
beijos Lívia!

ana carolina campos disse...

me identifiquei bastante :\

Kaique disse...

Vc e Muito foda Suas Historias As melhor