BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, maio 21

Inversão

_ Olá - Ele disse.
_ Oi - Ela disse. 
Mas na verdade disseram quase ao mesmo tempo num misto de desespero, emoção e quem sabe medo daquele encontro. 
Ele nem imaginava que a veria assim, tão de repente e ela, imprudente, como sempre, se esqueceu que aquele era o caminho dele, só se lembrou num ponto que não tinha mais como correr, ele já havia apontado na esquina.
Ela não sabia o que fazer, tinha vontade de correr, mas a vontade na verdade era de pará-lo bem ali, sem se importar se ele estava ou não com pressa e tirar a limpo toda aquela história que a fez perder o sono da última semana, e pensando bem, talvez fosse do último mês. As coisas não deveriam ser assim, não eram para ser assim, ela não havia pensado desse jeito e não queria um ponto final, queria apenas trocar o sentido daquelas reticências que ele havia colocado naquilo. Disse oi e acelerou o passo, talvez não fosse a hora.
Ele não queria tê-la visto, seria tão melhor se ela não tivesse aparecido,  não que tivesse raiva, na verdade nem chegava perto disso, mas ela sumindo era simplesmente mais fácil de não lembrar, ou lembrar menos. Porque ela era perfeita para ele, ela era ele, como ele, para ele, mas não conseguia ser dele. E apesar de tudo ela ainda queria que ficasse tudo bem. Disse olá na esperança que ela parasse. Não parou. 
Ela saiu pensando em como a vida poderia ser assim, porque a final de contas o destino resolvera fazê-la passar por tudo o que já passou? mas dessa vez, os papéis estavam invertidos. Talvez fosse pra lhe mostrar o quanto são difíceis os dois lados da moeda.
Ele saiu com o coração sangrando na boca e a cabeça voando por ai onde não sabia.  Não olharia para trás.
Foram. 

3 Espantos:

Leandro blogger disse...

O reencontro, ou melhor, o encontro por um acaso... rsrs...
Há e bom que as coisas se resolvam mesmo que seja dessa maneira.
“Sem querer querendo”. É preciso por um ponto final naquelas coisas mal resolvidas, para que elas possam para de nos perturba... Dirá o nosso sono..
Mais as vezes é bom deixar também as coisas fluírem naturalmente...
Se resolverem por si só... Afinal demos a estranha mania de fazer com que certas coisas fujam ao nosso controle ainda mais se forem coisas provenientes do coração...

Lindo...
Ate pareceu uma situação minha
Você tem uma estrala garota... Abraços

sabordachuva disse...

isso é lindo *-*

inclosed disse...

mas o medo não é bom.
Tem que aprender a lidar com ele e seguir.

Gostei do seu post flor
Beeeishuu e volte sempre que quiser, é sempre muitissimo bem vinda!

Blog lindo!